Quem Somos

NOSSA MISSÃO
Fundada em 1970, a ABRATES – Associação Brasileira de Tecnologia de Sementes – é uma organização sem fins lucrativos que visa impulsionar o desenvolvimento de tecnologias para a produção de sementes de variadas culturas em todo o país.

Acreditamos na semente como vetor de tecnologia e importante elo entre o resultado da pesquisa e a realidade no campo. A semente é o primeiro passo para uma lavoura bem sucedida. Semente é vida!
Por isso, incentivar a publicação de trabalhos técnicos científicos, a divulgação de resultados de pesquisas em tecnologia de sementes, a atualização tecnológica e capacitação dos profissionais da cadeia sementeira estão entre nossos objetivos.
 

Eventos e Cursos
Neste sentido, a ABRATES promove, desde 1979, o Congresso Brasileiro de Sementes, o maior evento sobre tecnologia de sementes do Brasil e referência na apresentação de resultados e tecnologia em todo o mundo. Além do Congresso, a Associação promove cursos de capacitação, coordena comitês técnicos.


Publicações e informações
A Associação disponibiliza canais para que seus associados estejam sempre informados e mantém duas publicações o Informativo ABRATES, quadrimestral, e a Journal of Seed Science (JSS), com o objetivo de divulgar artigos, notas científicas e revisões de trabalhos relacionados à ciência e à tecnologia de sementes.


Imparcialidade
A Diretoria da ABRATES é alternada periodicamente. A cada mudança, novos profissionais de órgãos públicos, instituições de pesquisa, universidades e empresas produtoras de sementes de distintas localidades assumem a coordenação das atividades realizadas. A alternância garante diversidade e imparcialidade à gestão, atendendo às diferentes demandas e regiões do país.

Pague com
  • PagSeguro V2
Selos
  • Site Seguro

Associação Brasileira de Tecnologia de Sementes ABRATES - CNPJ: 00.545.657/0001-34 © Todos os direitos reservados. 2021

Utilizamos cookies para que você tenha a melhor experiência em nosso site. Para saber mais acesse nossa página de Política de Privacidade